Quem Apoia essa campanha?

                

Sala de Imprensa - Últimos Releases

Gabriel O Pensador é a estrela da campanha da Convenção 151

Data de publicação: 23 Out 2011

 Um dos maiores nomes da música brasileira, Gabriel - O Pensador, protagonista da campanha da Convenção 151 da OIT (Organização Internacional do Trabalho), passou mais de seis horas empenhado nas gravações, que aconteceram no centro da capital paulista, com criação de um jingle para a rádio e participação nos comerciais para a TV.

Ao ser questionado do porquê aceitou ser o garoto propaganda da campanha, Gabriel - O Pensador, disse que entendeu o propósito da Convenção 151 e por isso resolveu apoiar o funcionalismo. “Com a ratificação do texto pelos parlamentares, os servidores públicos terão mais liberdade na negociação das reivindicações que toda classe tem. Acredito que o servidor mais satisfeito servirá melhor a população”.

O Pensador, que se destacou no meio artístico por fazer letras de músicas com críticas morais e sociais, também focou a importância da questão política: “Acho que todo o cidadão tem que tentar acompanhar um pouquinho do que está acontecendo no meio político para poder cobrar seus direitos. Só não sou ligado em política partidária, mas acho que me faz bem observar iniciativas boas e continuar me indignando com as coisas erradas.

Aproveitando o momento, Gabriel pediu aos políticos para que eles aprovem logo a 151, mas reforçou que o recado já está dado no slogan da campanha: “Convenção 151: Serviço público de qualidade com trabalho decente”.

Antes de completar 18 anos, estudante de jornalismo da PUC -RJ, Gabriel O Pensador se tornou conhecido em todo o Brasil com a música “Tô Feliz, Matei o Presidente”, hino dos jovens “cara pintadas” no processo de impeachment do ex-presidente Collor de Mello. A música foi notícia até na Time (EUA).

Contratado pela Sony Music lançou, em 1993, seu primeiro álbum, (Gabriel o Pensador), com letras críticas e bem humoradas como "Lôraburra" e "Retrato de um Playboy". Em 1995, lançou Ainda É só o Começo, que provocou polêmica com as músicas "Estudo Errado" e "FDP³". Dois anos depois, Quebra-Cabeça, com "Cachimbo da Paz" ultrapassou um milhão de cópias vendidas. Seu sucesso chegou a Portugal, com várias turnês pelo país. Em 1998, abriu os shows no Brasil da banda irlandesa U2.

Em 2003, Gabriel lança em CD e DVD, o show MTV ao Vivo, com os seus maiores sucessos, e participações especiais de Lulu Santos ("Astronauta"), e dos Titãs ("Cara Feia"). Na TV, participou do concurso Soletrando, do Caldeirão do Huck, e dos especiais “Nas Ondas de Noronha” , sobre surfistas no programa Globo Esporte, também da Rede Globo, entre muitas outras participações. Gabriel O Pensador está finalizando seu novo álbum, “Sem Crise”, que será lançado em todo o país em turnê. Prévias do lançamento já foram feitas em shows em Portugal e Angola (agosto e setembro de 2011) e Moçambique (outubro de 2011).

    É com prazer e orgulho que me engajo na campanha da CSPB para que a adesão do Brasil à convenção 151 da OIT seja melhor compreendia pela sociedade em geral e, principalmente, pelo servidor público, categoria a que já pertenci algumas vezes nesta minha longa trajetória. A regulamentação das normas de relacionamento entre empregados e ?patrões governamentais?, sejam federais, estaduais ou municipais, será certamente um avanço para o aperfeiçoamento da democracia brasileira, o que interessa a todos.
Belisa Ribeiro